skip navigation

“A bolsa de armazéns da TIMOCOM foi, para nós, um golpe de sorte.”

Como um transitário da Baviera encontrou um novo armazém com um simples clique no rato

Spedition Gematrans

A Gematrans, uma empresa de transportes de Nuremberga, viu-se perante um desafio: ao fim de 30 anos com um armazém sempre no mesmo local, viu-se confrontada com a necessidade de encontrar um novo espaço de armazém em pouquíssimo tempo. A empresa de transporte e logística com movimento diário de cargas de e para a Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia teve de encontrar uma solução rápida, mantendo a atividade diária e sem um grande esforço.

“A maior parte das pessoas que não é da região nem tem conhecimento do setor não sabe que temos um porto”, afirma Oliver Möhring, gerente e responsável pela expedição da Gematrans em Nuremberga, a segunda maior cidade da Baviera. “O nosso porto é praticamente o centro de transporte de mercadorias e logística de todo o Sul da Alemanha. Por isso, não seria possível ter escolhido melhor localização para a sede da empresa.” A Gematrans tem as suas instalações numa zona industrial, na Rotterdamer Straße. É especialista na expedição de mercadorias para Escandinávia e iniciou a sua atividade no início de 1984, dedicando-se à armazenagem e transportes na Alemanha.

O foco na Escandinávia começou em 1999 com o atual gerente, Jochen Rößler, que já antes estava ativo no segmento da Escandinávia e expandiu-o na Gematrans. “Sim, e depois pusemos tudo isto em marcha”, afirma Rößler. O que começou com três viaturas próprias e seis subcontratados na Escandinávia cresceu e conta hoje com 30 camiões próprios e de terceiros. “Atualmente, temos 25 colaboradores”, acrescenta Rößler.

Sem armazém, mas não desorientados

Desde a criação da Gematrans, sempre esteve na confortável situação de poder utilizar armazém de um parceiro de negócios no mesmo local. Porém, alterações estruturais impossibilitaram que aí continuasse a funcionar um armazém. Por conseguinte, tornou-se necessário encontrar uma solução rápida. “Como já somos clientes da TIMOCOM há quase 20 anos, o nosso primeiro pensamento foi: Vamos dar uma vista de olhos por lá.” Möhring não estava à espera de encontrar uma bolsa de armazéns no Smart Logistics System. “Encontrá-la foi um acaso – e, para nós, um golpe de sorte.”

Com efeito, a Gematrans conseguiu encontrar muitos espaços de armazém em redor de Nuremberga através da bolsa de armazéns baseada na web da TIMOCOM. As ofertas eram em grande número e os pedidos colocados com rapidez. Möhring: “A oferta na bolsa de armazéns era muito boa e estruturada de uma forma que facilita a consulta. Havia bastantes anúncios e diferentes opções de aperfeiçoar a pesquisa para encontrarmos o que precisávamos.” Isso é que já não foi um acaso. De facto, as probabilidades de encontrar um operador adequado numa bolsa de armazéns são proporcionais à dimensão e à diversidade da oferta. A bolsa de armazéns da TIMOCOM tem, de longe, a maior e mais variada rede de espaços e tipos de bolsa armazém da Europa. Os utilizadores do sistema têm acesso automático à bolsa de armazéns e, potencialmente, a mais de 7 000 operadores de armazéns em 44 países europeus.

Ajuda rápida apesar de requisitos especiais

“As mensagens de resposta também foram rápidas a chegar. Apenas necessitámos de contatar algumas empresas. No espaço de uma semana encontrámos o nosso novo armazém, não obstante termos requisitos muito específicos”, afirma Möhring. Estes requisitos fazem com que não seja fácil à Gematrans encontrar um espaço substituto. Um dos clientes tem de enviar regularmente os seus colaboradores ao armazém para retirarem produtos das paletes armazenadas. Este foi o aspeto que mais problemas suscitou junto das empresas consultadas. Não queriam estranhos nos seus armazéns. No entanto, a transportadora Maierl, o novo parceiro de negócios da Gematrans, não tinha qualquer problema com isso. “Quando um cliente tem um requisito especial, analisamos a viabilidade em vez de dizermos logo que não”, explica Mark-Oliver Maierl, gerente da transportadora. Christian Stark, gerente da Maierl, completa: “Até agora, conseguimos dar resposta aos pedidos dos nossos clientes.” E assim aconteceu também com a Gematrans. A colaboração só existe desde este ano, mas já está a ser alargada em função das experiências positivas. Doravante, a Gematrans vai processar toda a sua atividade de armazenagem através dos espaços de armazém e logística da Maierl. “Esperemos que pelos próximos 30 anos”, afirma Möhring com um sorriso.

Saiba mais sobre a utilização e as funções de uma bolsa de armazéns na nossa comunicação de serviço.

ir para cima