skip navigation

Barómetro dos transportes da TIMOCOM: barreira dos 10 milhões ultrapassada

Terceiro trimestre de 2020 com recuperação clara – Necessidade de recuperação dos transportes evidente em toda a Europa

partilhar em:
06.11.2020
Ofertas de carga na Europa

Erkrath, 6.11.2020 – O transporte rodoviário de mercadorias na Europa registou um franco crescimento entre julho e setembro deste ano. As ofertas de carga apuradas pelo barómetro dos transportes da TIMOCOM relativas ao terceiro trimestre de 2020 compensaram o segundo trimestre muito fraco do corrente ano em virtude da pandemia de coronavírus. Os valores chegam mesmo a ultrapassar os números do ano anterior (2019) em cada um dos meses.

“Os motivos são, certamente, a situação relativamente mais tranquila da infeção nos meses de verão e uma evidente necessidade de recuperação após o confinamento em muitos países europeus”, afirma Gunnar Gburek, porta-voz da TIMOCOM.
partilhar em:

Contando com as cargas introduzidas em todos os 44 países europeus cobertos pelo barómetro, registaram-se 111% mais ofertas de carga do que no trimestre anterior (3.º trimestre em comparação com o 2.º trimestre de 2020). Comparando com o semestre homólogo de 2019, registaram-se 17% mais cargas (3.º trimestre de 2020 em comparação com o 3.º trimestre de 2019). O mês mais forte foi setembro. Pela primeira vez, desde o início da crise do coronavírus, foram ultrapassadas 10 milhões de cargas num só mês. Deste modo, foi inclusivamente ultrapassado em 26% o melhor valor de 2019 – também de setembro. “Os motivos são, certamente, a situação relativamente mais tranquila da infeção nos meses de verão e uma evidente necessidade de recuperação após o confinamento em muitos países europeus”, afirma Gunnar Gburek, porta-voz da TIMOCOM. A Itália, um país especialmente afetado pela pandemia, terminou o seu rigoroso confinamento no início de junho e também a Espanha levantou o estado de emergência no final de junho. Após paragens de produção a nível nacional em quase toda a Europa, a produção foi retomada em grande medida.

Mais um milhão de cargas no tráfego dentro da Alemanha

A aparente forte necessidade de recuperação dos transportes também se nota no tráfego dentro da Alemanha. Neste país, a logística registou uma forte recuperação e também ultrapassou os valores registados no ano anterior: no terceiro trimestre de 2020, foram introduzidas mais um milhão de cargas do que no período homólogo de 2019. Em comparação com o segundo trimestre de 2020, o aumento foi exponencial. Analisando mês a mês, obtém-se a seguinte evolução: julho 3%, agosto 17%, setembro 73% Na França, a logística também recuperou a nível nacional. Os volumes no terceiro trimestre de 2020 cresceram mais de 12% por mês.

Tendência de alta nos transportes transfronteiriços

No transporte de cargas transfronteiriço também se manifesta a tendência geral de crescimento. Assim, as ofertas de carga da Alemanha para a França registaram um forte aumento, tanto em comparação com o ano anterior como com o 2.º trimestre de 2020, não obstante o impacto do coronavírus. Até 72%. O mesmo se aplica às cargas da Alemanha para a Bélgica. Em cada um dos três meses, observou-se uma subida mínima de 30%. Em detalhe: da Alemanha para a França: julho 72%, agosto 35%, setembro 34%; da Alemanha para a Bélgica: julho 30%, agosto 60%, setembro 65%.

Até os mais fracos recuperam

Os países tradicionalmente mais fracos também assistiram a uma recuperação. A força da necessidade de recuperação de cargas após as restrições em toda a Europa motivadas pelo coronavírus vê-se até nos países que, em geral, perderam terreno face a 2019. Apesar da comparação desfavorável com o ano anterior, também nestes países se registou no terceiro trimestre de 2020 uma franca melhoria. Por exemplo, nas cargas da Alemanha para a Hungria: julho -44%, agosto -34%, setembro -16%. Ou da Alemanha para a República Checa: julho -41%, agosto -8%, setembro -3%.

Com o barómetro dos transportes, a empresa de FreightTech TIMOCOM faz, desde 2009 em 44 países europeus, um levantamento da evolução da oferta e da procura dos transportes na bolsa de cargas integradas no Smart Logistics System. Mais de 135 000 utilizadores geram até 750 000 ofertas internacionais de cargas e camiões diariamente. O sistema ajuda os mais de 45 000 clientes da TIMOCOM a atingirem os respetivos objetivos de logística de forma inteligente, segura e simples.

ir para cima